Publicidade

Estado de Minas

Escola de beisebol se transforma em foco de COVID-19 na Venezuela


postado em 18/04/2020 00:25

Com 20 casos diagnosticados, uma escola de jovens promessas do beisebol se tornou um dos principais focos de transmissão do novo coronavírus na Venezuela, após violar a quarentena declarada há um mês, informou o governo nesta sexta-feira.

"Há 20 pessoas infectadas apenas nesta escola", disse o ministro da Informação, Jorge Rodríguez, ao comunicar o total de 227 casos de COVID-19 no país, onde o beisebol é um esporte nacional.

Na escola Pedro González, na turística ilha de Margarita, "viviam 63 pessoas: 35 esportistas, com entre 12 e 19 anos, e os demais funcionários e instrutores", precisando que o vírus chegou com dois integrantes procedentes da República Dominicana.

"Ficou perfeitamente estabelecido que duas pessoas que viajaram para a República Dominicana (...) voltaram contaminadas por COVID-19 e se dirigiram a esta escola de beisebol", onde a maioria dos infectados é assintomática.

Pela violação do decreto presidencial sobre a quarentena, a polícia deteve cinco pessoas, incluindo o diretor da escola, o gerente-geral e um treinador, acrescentou o procurador-geral, Tarek William Saab, no Twitter.

Os cinco responderão pelos crimes de "omissão de cuidado a menores" e "lesão gravíssima", com seus "respectivos agravantes", assinalou Saab.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade