Publicidade

Estado de Minas

OMS teve falhas na gestão da crise do coronavírus, diz ministro francês


postado em 15/04/2020 16:07

A Organização Mundial da Saúde (OMS) demonstrou "falhas" na sua gestão da crise do coronavírus, afirmou nesta quarta-feira (15) o ministro das Relações Exteriores francês, Jean-Yves le Drian, que pediu um "novo multilateralismo da saúde".

"Sem dúvida há coisas a dizer sobre o funcionamento da OMS, talvez uma certa falta de reatividade, de autonomia em relação aos Estados, talvez uma falta de meios de detecção, de alerta e de informação, de capacidade reguladora", afirmou o ministro francês durante uma audição no comitê das Relações Exteriores do Senado.

"Mas não é automaticamente a responsabilidade dos atores da OMS, é também um problema intrínseco da instituição e acredito que a crise atual deveria nos permitir revisar o papel de cada uma das grandes instituições que existem na atualidade", acrescentou.

O governo francês disse nesta quarta que "lamentava" a decisão do presidente dos EUA Donald Trump de suspender a contribuição para a OMS em meio à crise de coronavírus, e indicou que a França esperava "um retorno à normalidade" para que a OMS possa continuar com seu trabalho.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade