Publicidade

Estado de Minas

Chefe do Pentágono acusa a China de ocultar informação sobre o coronavírus


postado em 15/04/2020 14:42

O chefe do Pentágono, Mark Esper, acusou nesta quarta-feira (15) Pequim de ocultar informações sobre o novo coronavírus, mais de quatro meses após as primeiras notícias do surto na cidade chinesa de Wuhan, no final de dezembro.

"Está claro que os chineses deveriam ter sido mais transparentes antes e compartilhar mais dados", disse o secretário de Defesa americano na Fox. "Hoje ainda estamos verificando se estão escondendo informações".

"Se o DNA (do novo coronavírus) tivesse sido compartilhado anteriormente com nossos especialistas, teríamos entendido melhor como reagir", opinou Esper.

"Para voltar à normalidade, ou quase normalidade, precisamos cooperar", acrescentou. "Todos os países do mundo cooperam para tentar entender esse vírus e controlá-lo. E não vemos o que precisamos ver da China no momento".

O novo coronavírus já infectou mais de dois milhões de pessoas em todo o mundo e deixou mais de 127.000 vítimas.

Os Estados Unidos são o país mais afetado, com 26.000 mortes e mais de 610.000 casos registrados.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade