Publicidade

Estado de Minas

Finlândia levanta isolamento da capital, mas mantém restrições


postado em 15/04/2020 13:25

O governo finlandês anunciou nesta quarta-feira (15) o levantamento imediato dos bloqueios de estradas em torno de Helsinque e sua região, isolada há mais de duas semanas pela COVID-19, mas mantém outras restrições em todo país.

Em 28 de março, o governo colocou Helsinque e sua região - a província de Uusimaa - em isolamento, o foco principal da disseminação do coronavírus na Finlândia, proibindo movimentos considerados "não essenciais" de e para a capital, de modo a conter sua disseminação.

Desde esse anúncio, porém, o número de casos registrados fora de Helsinque tem aumentado, o que significa que o bloqueio da capital não é mais justificado atualmente, disse a primeira-ministra Sanna Marin.

"Algumas regiões registraram níveis mais altos de disseminação do que Uusimaa", explicou a chefe de governo em entrevista coletiva, pedindo à população que continue a evitar deslocamentos desnecessários.

Escolas e universidades permanecem fechadas, assim como fronteiras para não residentes. Reuniões de mais de 10 pessoas ainda são proibidas.

A epidemia "ainda não está sob controle", insistiu Marin.

Na próxima semana, um grupo de especialistas entregará um relatório com uma primeira avaliação sobre se as restrições serão mantidas e se medidas adicionais serão necessárias, como o uso de máscaras em locais públicos.

As autoridades também esperam esta semana os primeiros resultados de um programa de testes realizado em uma parte aleatória da população, o que permitiria, segundo as autoridades, ter uma ideia da proporção de finlandeses com COVID-19 e, portanto, que já estão imunizados.

Até a manhã desta quarta-feira, a Finlândia registrava 3.161 infecções por coronavírus e 64 mortes.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade