Publicidade

Estado de Minas

Festival de Arte de Edimburgo cancelado pelo novo coronavírus


postado em 01/04/2020 09:37

O Festival de Edimburgo, o maior evento mundial de artes cênicas e que a cada ano reúne 4,5 milhões de pessoas de mais de 70 países no mês de agosto, foi cancelado devido ao novo coronavírus, anunciaram nesta quarta-feira os organizadores.

"Pela primeira vez em mais de 70 anos, os cinco festivais que fazem de Edimburgo o destino cultural mais importante a cada ano em agosto não acontecerão devido à pandemia de Covid-19", afirma um comunicado.

Edimburgo organiza todo mês de agosto seu famoso Festival Internacional de Teatro, o festival alternativo Fringe, um festival de cinema, uma feira do livro e a Royal Edinburgh Military Tatoo.

O evento atrai um público de 4,4 milhões de pessoas e 25.000 artistas de mais de 70 países.

De acordo com os organizadores, este é o segundo maior evento do mundo após os Jogos Olímpicos que, previstos para Tóquio este verão (hemisfério norte), foram adiados para 2021.

O festival de Edimburgo foi criado em 1947, com a ideia de unir os povos e nações e reconciliá-los através da arte.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade