Publicidade

Estado de Minas

Jogadores do Schalke 04 abrem mão de parte do salário


postado em 27/03/2020 18:43

Os jogadores do Schalke 04 decidiram abrir mão de parte de seus salários para ajudar o clube a superar a crise causada pela pandemia do novo coronavírus, seguindo o exemplo de outros clubes de futebol da Alemanha.

A equipe da cidade de Gelsenkirchen concordou com a administração do clube "em desistir parcialmente de seus salários e bônus e, além disso, aceitar o adiamento do pagamento de parte dos salários, inicialmente até 30 de junho" , informou o clube nesta sexta-feira.

Os dirigentes, o técnico e a equipe técnica do Schalke anunciaram que aceitarão o acordo.

Nenhum valor específico foi relatado, mas a economia para a entidade seria de "vários milhões" de euros e isso permitirá ao Schalke, que possui 600 funcionários, enfrentar os problemas financeiros apresentados pela paralisação das competições.

Nos dias anteriores, jogadores do Bayern de Munique, Borussia Dortmund, Borussia Mönchengladbach e Union Berlin já haviam desistido de partes mais ou menos importantes de seus salários, também como uma medida de ajuda para seus empregadores devido à crise provocada ela covid-19, que interrompeu várias competições de diferentes modalidades esportivas no mundo.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade