Publicidade

Estado de Minas

Exército russo envia virologistas à Itália


postado em 22/03/2020 08:55

O Exército russo anunciou neste domingo (22) o envio de cem virologistas militares "experientes" para a Itália, onde a pandemia de coronavírus matou quase 800 pessoas em 24 horas no sábado.

"Cem virologistas e epidemiologistas que têm ampla experiência prática no combate à disseminação de infecções virais (...) e na desinfecção de prédios e infraestruturas estão indo para a Itália", disse o ministério russo da Defesa em comunicado.

O anúncio é feito no dia seguinte a uma conversa por telefone entre o primeiro-ministro italiano Giuseppe Conte e o presidente russo Vladimir Putin, que anunciou o envio à Itália de especialistas e equipamentos médicos e de desinfecção para ajudar o país a combater a pandemia de Covid-19.

Segundo o Exército russo, a maioria dos especialistas enviados para a Itália "participou pessoalmente da eliminação de surtos de gripe suína africana, gripe siberiana e no desenvolvimento da vacina contra a febre ebola".

No total, nove aeronaves Ilyushin-76 do ministério da Defesa transportarão esses especialistas, sistemas de desinfecção móveis e equipamentos médicos para a Itália.

O primeiro deles decolou esta tarde com destino a uma base aérea do Exército italiano em Pratica di Mare, 30 km a sudeste de Roma, segundo o comunicado.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade