Publicidade

Estado de Minas

Passageiros de cruzeiro em quarentena no Brasil poderão voltar a seus países


postado em 16/03/2020 21:55

Os mais de 600 passageiros e tripulantes de um navio de cruzeiro com bandeira das Bahamas, isolado desde quinta-feira no porto de Recife devido a um caso de coronavírus, começarão a retornar aos seus países de avião, informou o Ministério da Saude.

"Vamos resolver o problema do navio que está em Recife. Temos dois uruguaios e dois argentinos dentro do navio (...) Vamos receber esses sul-americanos e continuar seu isolamento em Recife antes de enviá-los para seus países de origem". disse o secretário-executivo do ministério, João Gabbardo, em entrevista coletiva.

"Essa é a posição do Brasil, vamos receber essas pessoas. Os outros vão sair de avião a partir de amanhã (terça-feira) e voltarão aos seus países de origem", acrescentou, sem especificar a duração ou detalhes de Operação.

Segundo informações da imprensa, as pessoas a bordo do navio são 18 nacionalidades, a maioria delas dos Estados Unidos e do Reino Unido.

As autoridades de Recife ordenaram na quinta-feira passada a quarentena da embarcação com 608 pessoas a bordo - 317 passageiros e 291 tripulantes - depois que um canadense de 78 anos foi considerado suspeito de coronavírus por apresentar febre, tosse e dificuldades respiratórias.

Logo depois, as autoridades confirmaram que o passageiro, que está sendo tratado em um hospital particular, deu positivo para o Covid-19.

No Brasil, foram registrados 234 casos de coronavírus até esta segunda-feira, sem vítimas fatais, e 2.064 casos suspeitos.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade