Publicidade

Estado de Minas

Trump se reúne com Modi durante visita à Índia


postado em 24/02/2020 09:25

Donald Trump e o primeiro-ministro indiano Narendra Modi celebraram nesta segunda-feira um comício para 100.00 pessoas em um estádio de críquete, o principal momento da visita de Estado de dois dias do presidente americano.

Os dois governantes destacaram as boas relações pessoais e de seus países em um momento de tensão comercial no mundo.

O encontro aconteceu no maior estádio de críquete do mundo, na cidade de Ahmedabad, em um evento que recebeu o título de "Namaste Trump".

"A relação entre Índia e Estados Unidos não é apenas a de mais um sócio. É uma relação muito mais profunda e maior", disse Narendra Modi a Trump, que faz a primeira visita oficial ao país de 1,3 bilhão de habitantes.

O presidente republicano celebrou a "recepção fenomenal" na Índia.

"Estados Unidos amam a Índia. Estados Unidos respeitam a Índia e os Estados Unidos serão sempre um amigo fiel e leal do povo indiano", disse Trump, que elogiou a diversidade cultural do país asiático, assim como seu cinema e os jogadores de críquete.

As arquibancadas do estádio Sardar Patel estavam lotadas quando os dois líderes chegaram ao local. As filas para entrar começaram durante a madrugada.

Mas o forte calor durante a tarde provocou o abandono de quase metade dos espectadores antes do fim do discurso de Trump.

O primeiro dia da visita oficial de Donald Trump foi uma exibição da amizade entre os governantes. Na terça-feira estão programadas reuniões bilaterais.

Trump iniciou a visita em Gujarat (oeste), rico estado natal de Modi, que o nacionalista hindu governou por muitos anos.

O presidente americano visitou o ashram (local de meditação) de Gandhi e percorreu de limusine diversos pontos da cidade de Ahmedabad, decorados com imensas faixas de boas-vindas.

Muitos indianos acenaram para o presidente americano durante o trajeto.

Em seguida, Trump seguiu de avião para Agra, onde visitará o Taj Mahal com sua esposa Melania, antes de viajar para Nova Délhi para uma série de reuniões e assinaturas de acordos na terça-feira.

O comício "Namaste Trump" no estádio de críquete foi a resposta de Modi a um evento similar organizado em setembro em Houston (Estados Unidos) com o lema "Howdy Modi".

Analistas não aguardam grandes anúncios durante a visita de Donald Trump à Índia. Os dois países estão em uma guerra comercial desde o ano passado e no momento não se espera um novo acordo comercial.

Washington critica o tradicional protecionismo comercial indiano e considera que as empresas americanas não têm acesso suficiente ao mercado do país asiático.


Publicidade