Publicidade

Estado de Minas

Presidente russo demite conselheiro de longa data


postado em 18/02/2020 15:54

Vladimir Putin demitiu nesta terça-feira um de seus conselheiros mais emblemáticos, Vladislav Surkov, arquiteto do conceito de "poder vertical", uma decisão que foi tomada há semanas.

A demissão de Surkov, 55 anos, foi anunciada por um decreto publicado no site do Kremlin. Suas eventuais novas funções não foram reveladas.

Surkov já havia sido substituído em 11 de fevereiro pelo vice-diretor da administração presidencial, Dmitry Kozak, 61 anos, como principal negociador do conflito no leste da Ucrânia.

Para muitos opositores russos, Vladislav Surkov é um verdadeiro terror, pois organizou no início dos anos 2000 o estabelecimento de um sistema de poder com controle sobre a mídia, uma oposição dócil no Parlamento e a repressão dos protestos públicos.

Ele é o arquiteto do conceito de "poder vertical", uma autoridade do Estado dependente apenas de Putin.

Desde 2014, é o principal estrategista russo na crise na Ucrânia, marcada pela anexação da península da Crimeia, em 2014, e um conflito mortal entre as forças de Kiev e os separatistas pró-russos no leste do país, o que causou até agora mais de 13.000 mortos.


Publicidade