Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

França pode abrir para caminho para adesão de Albânia e Macedônia do Norte à UE


postado em 15/02/2020 10:17

O presidente da França, Emmanuel Macron, indicou neste sábado que a França poderá em breve abrir caminho para a União Europeia iniciar negociações de adesão com Albânia e Macedônia do Norte, mas deixou claro que ainda tem reservas sobre ambições de ampliação do bloco. Os dois países dos Balcãs deveriam iniciar negociações formais de adesão à UE no ano passado. Macron bloqueou a iniciativa em outubro e disse que continuaria a fazê-lo até que fosse reformado o processo de admissão de países ao bloco, que tem 27 nações depois da saída do Reino Unido.

Macron disse na Conferência de Segurança de Munique que agora essa condição foi cumprida. Segundo ele, o próximo passo é um relatório no mês que vem da Comissão Executiva da União Europeia sobre os progressos realizados pelos dois países. "Se os resultados forem positivos e a confiança for estabelecida, poderemos estar em posição de abrir as negociações depois disso", afirmou.

O presidente da França enfatizou que compartilha o objetivo estratégico de "ancorar na Europa" os Balcãs Ocidentais. Ainda assim, disse que há um "ponto de interrogação" sobre se iniciar negociações de adesão à UE que provavelmente se arrastarão por anos é a maneira certa de fazê-lo. Macron apontou para a importância do investimento. "Nós, europeus, temos um problema em pensarmos em vizinhança apenas por meio da ampliação", afirmou. "Isso não funciona com 27. Avançamos lentamente, temos regras de unanimidade em todos os lugares, somos pesados demais. Você pensa que funcionará se tivermos 30, 32 ou 33 (países integrantes)?" Fonte: Associated Press.


Publicidade