Publicidade

Estado de Minas

Maduro acusa embaixador francês de intromissão nos assuntos venezuelanos


postado em 14/02/2020 16:13

O presidente Nicolás Maduro acusou nesta sexta-feira o embaixador da França em Caracas, Romain Nadal, de se intrometer nos assuntos internos da Venezuela, depois de o diplomata ter recebido o líder opositor Juan Guaidó em seu retorno de uma viagem internacional.

"O embaixador da França na Venezuela se intrometeu mais uma vez, gravemente, nos assuntos internos da Venezuela", disse o presidente socialista em coletiva de imprensa com correspondentes estrangeiros.

Maduro informou que a chancelaria venezuelana "está avaliando a resposta", sem descartar uma expulsão de Nadal, como fez em março de 2019 com o embaixador da Alemanha na Venezuela, Daniel Kriener, que declarou "persona non grata" por receber Guaidó no aeroporto de Maiquetía, perto de Caracas.

Maduro se perguntou o que aconteceria se seu embaixador na França participasse das manifestações dos "coletes amarelos", o movimento de protesto social e fiscal surgido na França em 2018.

Maduro pediu a seu chanceler, Jorge Arreaza, presente na conferência, que "avalie muito bem a resposta àqueles funcionários de embaixadas que estiveram se intrometendo nos assuntos internos da Venezuela" no dia que Guaidó retornou. "Vamos avaliar um por um", disse.


Publicidade