Publicidade

Estado de Minas

Mais 116 mortes por COVID-19 em Hubei


postado em 13/02/2020 22:31

As autoridades sanitárias da província chinesa de Hubei anunciaram nesta sexta-feira (noite de quinta-feira no Brasil) que mais 116 pessoas morreram devido à epidemia COVID-19, elevando o número de vítimas fatais na China a 1.483.

De acordo com as informações oficiais, também foram registrados nas últimas 24 horas 4.823 novos casos da infecção, a maioria pacientes diagnosticados "clinicamente" sem exames laboratoriais.

Na véspera, as mesmas autoridades anunciaram 242 falecimentos e mais de 14.800 casos de contágio, após modificar os critérios de contagem e incluir pacientes diagnosticados apenas com a ajuda de radiografias.

Em toda a China continental, já são 64.600 pessoas contaminadas pelo vírus, que surgiu em dezembro em Wuhan, capital da província de Hubei.

Com a adoção dos novos critérios de contagem de casos, os números subiram na quinta-feira e, apesar de permanecerem altos, houve uma pequena queda na sexta-feira em relação ao dia anterior.

O novo método de contagem não exige mais um exame laboratorial que confirme a presença do coronavírus como um resultado positivo, e agora uma radiografia pulmonar é suficiente.

A modificação permite às autoridades de saúde mobilizar recursos mais rapidamente para oferecer tratamento às pessoas doentes.


Publicidade