Publicidade

Estado de Minas

Explosão de caminhão-tanque de gás soma 14 mortos em Lima


postado em 25/01/2020 21:07

O número de mortos pela explosão de um caminhão-tanque em Lima na quinta-feira aumentou para 14, após a morte de uma mulher com queimaduras extensas, informou o Ministério da Saúde neste sábado.

"Ao relatório de hoje, soma-se uma pessoa na lista de mortos. A essa hora, são 14 mortes", disse a repórteres Victor Bocangel, vice-ministro da Saúde.

Depois de visitar um grupo de pacientes feridos por essa explosão na quinta-feira, Bocangel disse que a última vítima é uma mulher de 39 anos.

O balanço anterior era de 13 mortos e cerca de 50 feridos.

A pasta disse que entre os novos mortos está o cidadão venezuelano José Manuel Rodríguez, de 40 anos, que havia sido hospitalizado em estado crítico.

Entre os últimos mortos pelo incêndio estão também duas crianças de 3 e 4 anos, cujas queimaduras excederam entre 80 e 90% de seus corpos.

O acidente foi causado por um vazamento após a liberação de uma mangueira do tanque de gás liquefeito quando o caminhão, carregado com cerca de 10.000 litros de combustível, atravessou uma lombada na calçada.

O incêndio destruiu vários carros e cerca de 15 casas, até ser extinto pelos bombeiros três horas depois.


Publicidade