Publicidade

Estado de Minas

Erdogan recebe Merkel e alerta para risco de propagação do 'caos líbio'


postado em 24/01/2020 07:55

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, advertiu nesta sexta-feira (24) para o risco de uma propagação do "caos líbio" na região do Mediterrâneo, caso não se consiga impor a calma.

O alerta de Erdogan foi feito durante uma reunião com a chanceler alemã, Angela Merkel, em Istambul.

"O caos que reina na Líbia corre o risco de ter efeitos em todo Mediterrâneo, caso não se consiga impor a calma rapidamente", disse Erdogan durante a inauguração do novo campus da Universidade Turco-Alemã em Istambul, na presença de Merkel.

"Tem que acelerar a resolução (do conflito), se não quisermos que grupos terroristas como o Estado Islâmico, ou Al-Qaeda, levantem a cabeça", disse o presidente turco.

"Nosso objetivo principal é pôr fim a esta crise", acrescentou.

Depois de ser o centro de uma conferência internacional em Berlim na semana passada, a situação na Líbia é tema central da reunião entre Erdogan e Merkel, em Istambul.

A Líbia está dividida por um conflito entre o Governo de União Nacional (GNA), com sede em Trípoli, e as forças leais ao marechal Khalifa Haftar, líder militar do leste do país.

Ancara apoia militarmente o GNA, reconhecido pela ONU, mas Haftar conta com o apoio dos Emirados Árabes e do Egito.


Publicidade