Publicidade

Estado de Minas

Manifestantes declaram apoio aos uigures na Indonésia


postado em 27/12/2019 14:31

Centenas de manifestantes muçulmanos marcharam nesta sexta-feira em frente à embaixada da China em Jacarta para protestar contra a política repressiva da China contra os muçulmanos uigures, majoritários na província de Xinjiang (noroeste da China).

A manifestação, organizada pela Frente de Defensores do Islã (FPI), um grupo extremista islâmico, foi realizada sob vigilância rigorosa das forças de segurança.

Os participantes, que se reuniram após a oração de sexta-feira, exibiram cartazes expressando sua solidariedade aos uigures com inscrições como "A China deveria acabar com a discriminação", "O governo chinês é sionista" ou "Salve os muçulmanos uigures".

Segundo a mídia, os manifestantes também se reuniram em frente ao consulado chinês em Surabaya, a segunda maior cidade da Indonésia.

A China tem sido alvo de inúmeras críticas em todo o mundo devido à repressão em Xinjiang, onde mais de 1 milhão de muçulmanos, principalmente da etnia uigur de língua turca e outras minorias muçulmanas, seriam detidos em campos de reeducação política.

Pequim inicialmente negou a existência desses campos em Xinjiang, antes de afirmar que eles são "centros de treinamento" destinados a combater a radicalização islâmica ou "centros de treinamento profissional".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade