Publicidade

Estado de Minas

Circuito secundário do reator de Arak, no Irã, já está em funcionamento


postado em 23/12/2019 13:25

O circuito secundário do reator de água pesada de Arak (centro) está operacional - afirmou nesta segunda-feira (23) o chefe da Organização Iraniana de Energia Atômica (OIEA), um avanço previsto no âmbito do acordo sobre o programa nuclear iraniano de 2015.

"Hoje, uma parte importante do reator está operacional", disse o vice-presidente da República Islâmica e chefe da OIEA, Ali Akbar Salehi, à imprensa, em Arak.

O circuito secundário, que "transfere o calor gerado no núcleo do reator para as torres de refrigeração", está pronto, anunciou ele, acrescentando que o circuito primário do reator, que contém seu núcleo, segue em construção.

"Serão construídos 52 sistemas para que o reator seja operacional [...]. Por enquanto, terminamos 20", completou.

O anúncio foi feito como parte do compromisso de Teerã de desmantelar o núcleo deste reator para que não possa ser usado. O compromisso está previsto no acordo sobre o programa nuclear iraniano fechado em 2015 entre Teerã e o grupo 5+1 (Estados Unidos, França, Reino Unido, Rússia, China e Alemanha).

O acordo também prevê a reconfiguração e a reconstrução do reator de Arak para transformá-lo em um reator de pesquisa, incapaz de produzir plutônio de uso militar. Para sua produção, é necessário usar água pesada.

Depois da saída unilateral dos Estados Unidos deste acordo em 2018, as sanções contra Teerã foram retomadas e ampliadas.

Em maio de 2019, o Irã começou a tomar medidas contrárias ao acordo, com o objetivo de pressionar os países europeus a continuarem no pacto e ajudarem a República Islâmica a burlar as sanções americanas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade