Publicidade

Estado de Minas CONSUMO

PIB dos EUA cresce e Trump comemora


postado em 21/12/2019 04:00

A economia dos Estados Unidos cresceu 2,1% no terceiro trimestre, graças ao consumo das famílias e uma queda nos investimentos empresariais menos fortes do que o esperado. O crescimento em julho, agosto e setembro coincide com as previsões dos analistas.
 
O consumo, que representa 70% do Produto Interno Bruto dos EUA, aumentou 3,2% em comparação com os 2,9% adiantados, com um forte aumento nas despesas com bens duráveis, como eletrodomésticos.Os investimentos das empresas, que caíram 2,7% de acordo com as previsões, contraíram 2,3%. As empresas demoraram a tomar decisões de investimento devido a tensões comerciais com a China, especialmente em setembro, quando o governo Trump impôs novas tarifas punitivas aos produtos chineses.

DESCANSO O presidente Donald Trump, que entrou de férias de fim de ano ontem destacou a boa situação econômica dos Estados Unidos e uma série de avanços, como a licença maternidade para funcionários, na esperança de esquecer o processo de impeachment aberto na Câmara dos Representantes.
 
Antes de partir para duas semanas de descanso em seu luxuoso clube na Flórida, o presidente decidiu assinar uma ampla lei orçamentária que inclui uma infinidade de medidas, desde políticas familiares a grandes orientações militares."Vou assinar nossa lei de defesa de 738 bilhões de dólares", postou no presidente no Twitter, embora o texto tenha sido, como sempre, o resultado de um acordo entre legisladores republicanos e democratas.
 
A lei "incluirá 12 semanas de licença maternidade paga, um aumento salarial para nossos soldados, a criação da Força Espacial, o financiamento do muro na fronteira sul (...) e o aumento da idade legal para fumar para 21 anos", escreveu Trump.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade