Publicidade

Estado de Minas

Bachelet reitera necesidade de diálogo en Venezuela


postado em 18/12/2019 14:01

A Alta Comissária das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet, pediu ao governo e à oposição venezuelanos na quarta-feira que retome as negociações para encontrar uma solução para a crise que preocupa os direitos da população de maneira preocupante.

"Reitero meu apelo a todos e a todos os atores políticos da Venezuela para retomarem as negociações para encontrar uma solução para a crise política e econômica e devolver a esperança à população", disse Bachelet ao Conselho de Direitos Humanos em Genebra.

A Alto Comissária também descreveu o grave cenário do país, listando diferentes atos de violência e intimidação, desnutrição infantil ou atos de milícias armadas e execuções extrajudiciais, o que foi refutado pelo representante venezuelano Jorge Valero, que considerou que A apresentação de Bachelet foi baseada em "informações tendenciosas" e "desequilibradas".

Diante das eleições legislativas programadas para 2020, a ex-presidente chilena disse que "é crucial garantir as liberdades públicas fundamentais para criar as condições necessárias para eleições livres, imparciais, críveis, transparentes e pacíficas".

"Nesse sentido, estou preocupada com a suspensão da imunidade de cinco deputados da oposição, aumentando o total para 30 deputados privados de imunidade, bem como com atos de assédio contra representantes da oposição", afirmou.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade