Publicidade

Estado de Minas

Boeing suspenderá em janeiro fabricação do 737 MAX


postado em 16/12/2019 20:13

A Boeing anunciou nesta segunda-feira que suspenderá em janeiro a produção do seu modelo 737 MAX até que ele seja novamente autorizado a voar.

"Já havíamos afirmado que seguiríamos avaliando nossos planos de produção caso a proibição sobre o MAX se prolongasse por mais tempo", destaca o comunicado da empresa.

"Como resultado desta avaliação, decidimos priorizar a entrega dos aviões em estoque e suspender temporariamente a produção do programa do 737 a partir do próximo mês".

As autoridades aeronáuticas dos EUA informaram que antes de 2020 não autorizarão o retorno do 737 MAX, impedido de voar em todo o mundo após dois acidentes - na Indonésia e na Etiópia - que deixaram 346 mortos.

O 737 MAX é o avião mais vendido da Boeing e a companhia segue produzindo 40 aparelhos por mês, e a esta altura já tem problemas em gerir este estoque.

A companhia destacou que seguirá pagando seus funcionários, mesmo após a suspensão da produção, mas a decisão causa suspense entre os fornecedores da Boeing.

As ações do gigante aeronáutico caíram nesta segunda-feira 4,3% durante o pregão, e mais 0,9% nas transações eletrônicas posteriores ao fechamento.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade