Publicidade

Estado de Minas

Iraque continua buscando um novo primeiro-ministro


postado em 16/12/2019 11:43

Os partidos políticos iraquianos continuam com suas negociações nesta segunda-feira para encontrar um candidato ao cargo de primeiro-ministro, em meio à pressão do Irã e de manifestantes, que exigem há semanas um novo governo.

Na noite de domingo, o presidente iraquiano Barham Saleh disse que recebeu um comunicado do chefe do Parlamento aceitando a renúncia do primeiro-ministro Adel Abdel Mahdi em 4 de dezembro e, de acordo com a Constituição, o prazo final para nomear um novo primeiro-ministro expirará na quinta-feira, dia 19.

As negociações políticas são seguidas de perto pelos milhares de manifestantes que se mobilizam contra o governo há dois meses e meio e que enfatizam que rejeitarão qualquer político do "sistema corrupto" que liderou o Iraque desde a queda de Saddam Hussein em 2003.

O futuro primeiro-ministro também deve contar com o apoio do poderoso vizinho iraniano, cada vez mais influente no Iraque, a ponto de as negociações serem supervisionadas pelo general Qasem Soleiman, da Guarda Revolucionária (força de elite e apoio ideológico de Teerã).

O movimento de protesto iraquiano foi severamente reprimido e 460 mortos e 25.000 feridos foram contabilizados, mas conseguiu forçar a renúncia do primeiro-ministro Adel Abdel Mahdi em 1º de dezembro, que permanece encarregado de assuntos urgentes até a nomeação de seu sucessor.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade