Publicidade

Estado de Minas

Trump afirma que se reunirá com Johnson durante cúpula da Otan em Londres


postado em 03/12/2019 07:30

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta terça-feira que se reunirá com o primeiro-ministro Boris Johnson durante o encontro de cúpula da Otan em Londres, mas evitará qualquer intervenção na campanha eleitoral britânica.

Um encontro bilateral entre Trump e Johnson a 10 dias das eleições não estava na agenda, mas o presidente americano respondeu aos jornalista: "Me reunirei com ele, sim".

O Partido Conservador de Johnson, que lidera as pesquisas para as legislativas antecipadas de 12 de dezembro, tenta manter a distância durante a visita do presidente americano, cujo caráter imprevisível provoca o temor de alguma declaração prejudicial em termos eleitorais.

Ao ser questionado sobre as eleições britânicas durante uma entrevista coletiva conjunta com o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, Trump afirmou que não ter opinião a respeito.

"Permanecerei à margem da eleição", disse, antes de afirmar que "este é outro país, não quero complicar as coisas".

Trump, no entanto, declarou que "Boris é muito capaz e fará um bom trabalho", recordando que ele sempre foi um "fã do Brexit", que o primeiro-ministro britânico espera concretizar em janeiro em caso de vitória nas urnas, após três adiamentos provocados pelo bloqueio parlamentar.


Publicidade