Publicidade

Estado de Minas

Ataque contra igreja protestante mata 14 em Burkina Faso


postado em 01/12/2019 18:42

Quatorze fiéis, incluindo crianças, morreram neste domingo em um ataque a uma igreja protestante em Hantoukoura, no leste de Burkina Faso.

"Uma igreja protestante de Hantoukoura, no departamento de Foutouri, na fronteira com o Níger, na província de Komondjarie, foi vítima de um ataque mortífero por homens armados não identificados", informou o governo da região de Fada N'Gourma em comunicado.

"Infelizmente, este ataque causou 14 mortos e numerosos feridos", apontou.

O ataque ocorreu por volta do meio dia e foi cometido por "uma dúzia de indivíduos fortemente armados que executaram friamente os fiéis, incluindo o pastor da igreja e as crianças", segundo uma fonte da segurança.

Outra fonte mencionou um saldo de "14 mortos, todos do sexo masculino".

Uma operação foi lançada para tentar encontrar os criminosos, que fugiram de motocicleta, de acordo com a mesma fonte.

O governo local anunciou o envio das forças de defesa e de segurança para atender os feridos.

Os ataques, atribuídos a grupos jihadistas, contra igrejas ou religiosos cristãos aumentaram nos últimos meses em Burkina Faso, um país da África Ocidental.

Os ataques atribuídos a uma dúzia de grupos jihadistas, como o Ansarul Islam, o Grupo de Apoio ao Islã e aos Muçulmanos e a organização Estado Islâmico no Grande Saara (EIGS) deixaram cerca de 700 mortos desde 2015, segundo uma contagem da AFP, e cerca de 500.000 deslocados internamente e refugiados, de acordo com a ONU.

Em novembro, as forças de defesa e segurança anunciaram que haviam matado 56 jihadistas em várias operações.


Publicidade