Publicidade

Estado de Minas

Avião causa fechamento da Casa Branca ao sobrevoar Washington


postado em 26/11/2019 14:55

A Força Aérea dos Estados Unidos mobilizou caças devido à entrada de uma aeronave não identificada no espaço aéreo restrito de Washington, o que forçou a Casa Branca e o Capitólio a fechar brevemente.

"A Casa Branca está em estado de confinamento por causa de uma possível violação do espaço aéreo na região da capital federal", disse um porta-voz dos serviços de proteção presidencial à AFP. "Às 08H27 (local), nossos aviões foram alertados para a presença de um possível dispositivo no espaço aéreo protegido", confirmou a Polícia do Capitólio, que, "por precaução", decidiu fechar o Congresso dos EUA.

As medidas de segurança foram levantadas uma hora mais tarde.

O Comando de Defesa do Espaço Aéreo da América do Norte disse em comunicado que seus caças "estão na área".

O avião que supostamente violou o espaço aéreo da capital dos Estados Unidos "atualmente não é considerado hostil", afirmou o comando.

As restrições para entrar no espaço aéreo da capital dos Estados Unidos foram endurecidas após os ataques de 11 de setembro de 2001 em Nova York e Washington.

Os jihadistas da Al-Qaeda sequestraram quatro aviões naquele dia.

Dois foram jogados contra as Torres Gêmeas de Nova York, um terceiro contra o Pentágono, nos subúrbios de Washington.

Este último caiu em um campo na Pensilvânia quando ele estava indo, com toda a probabilidade, para a Casa Branca ou o Congresso.

Desde então, baterias de mísseis e aviões de combate monitoram a capital dos Estados Unidos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade