Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Boeing anuncia pedidos de US$ 292,5 mi no Dubai Airshow, ante US$ 15,1 bi em 2017


postado em 17/11/2019 11:43

A Boeing anunciou durante o Dubai Airshow 2019 um acordo para a compra de duas aeronaves 787-9 pela Biman Bangladesh, em um valor total de US$ 292,5 milhões. O anúncio foi o único da companhia no evento, contrastando com o acordo de compra de 40 787-10 Dreamliners pela Emirates divulgado na última edição do evento, em 2017, e avaliado em US$ 15,1 bilhões.

O valor também contrasta com os pedidos de US$ 140 bilhões anunciados logo no início da edição de 2013 do evento, que aconteceu antes da queda global dos preços do petróleo, que espalhou uma desaceleração do crescimento econômico em regiões do Golfo Pérsico, onde estão sediadas algumas das maiores companhias do Oriente Médio.

A maior empresa da região, a Emirates, recentemente assinou um compromisso de adquirir 70 novos aviões da Airbus, avaliados em US$ 21,4 bilhões, com entregas pelos próximos cinco anos. A empresa reportou lucros significativamente mais baixos no último ano, de US$ 237 milhões, devido ao aumento nos preços de combustível no fim de 2018, a um dólar mais forte, menor demanda por viagens e por transporte de cargas.

A Boeing utiliza o Dubai Airshow deste ano para mostrar preocupação com a segurança após dois acidentes com o Boeing 737 Max, que mataram 346 pessoas. As aeronaves do mesmo modelo foram retiradas de operação em todo o mundo, impactando empresas como a flydubai, que operava aviões do mesmo modelo e tinha encomendas de mais de 230 unidades.


Publicidade