Publicidade

Estado de Minas

Direita liderada por Salvini se aproxima de vitória em reduto da esquerda


postado em 28/10/2019 06:13

A direita liderada por Matteo Salvini se aproxima de uma grande vitória nas eleições regionais de domingo (27) em Umbria (centro da Itália), reduto da esquerda, de acordo com as primeiras projeções.

As eleições eram consideradas um teste para a jovem coalizão que governa a Itália, integrada pela esquerda e o Movimento Cinco Estrelas (M5E).

Matteo Salvini declarou que "os resultados que chegam de toda a região são extraordinários". Ele expressou "alegria e emoção" com os números parciais, que mostram uma vantagem de mais de 20 pontos a favor de Donatella Tesei, a candidata de direita.

Com 12% dos votos apurados, Tesei, integrante da Liga e também apoiada pelo partido Força Itália (de Silvio Berlusconi) e os neofascistas do partido Irmãos da Itália, tinha 57%, contra apenas 37,5% do candidato comum do Partido Democrata (PD, centro-esquerda) e do M5E (antissistema), Vincenzo Bianconi.

Esta é a primeira eleição para a coalizão que governa a Itália há menos de dois meses, em substituição a uma coalizão de linha populista entre a Liga e o M5E que durou pouco mais de um ano.

Salvini celebrou o índice de participação elevado (64,4%, 9 pontos a mais que em 2015) e afirmou que a Liga confirmou "ser o primeiro partido da Itália".

Quase 700.000 eleitores da região, de 884.000 habitantes, estavam registrados para votar.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade