Publicidade

Estado de Minas

Extrema direita alemã tem forte avanço em eleições regionais


postado em 27/10/2019 14:54

A extrema direita alemã, liderada por uma de suas figuras mais radicais, registrou um novo avanço nas eleições regionais deste domingo na Turíngia, no centro do país, segundo estimativas das televisões ARD e ZDF.

A extrema direita chega na segunda posição, com entre 23% e 24% dos votos, ou seja, mais do que o dobro da eleição anterior, segundo cálculos da televisão pública.

O partido anti-imigrante Alternativa para a Alemanha (AfD) está à frente do partido conservador de Angela Merkel, que com 22% perde mais de 10 pontos e obtém o pior resultado de sua história nesta região da antiga RDA, segundo estimativas.

O atual ministro-presidente da região, Bodo Ramelow, da esquerda radical, lidera com cerca de 30% dos votos, resultado superior a cinco anos atrás.

De acordo com as pesquisas pré-eleitorais, os dois partidos que compõem a coalizão nacional de governo, os conservadores da CDU Angela Merkel e os social-democratas do SPD, terão uma dura derrota.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade