Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Turquia quer que forças sírias saiam da fronteira para reassentar refugiados


postado em 19/10/2019 15:53

A Turquia quer que forças governamentais da Síria se retirem de áreas fronteiriças para que o país possa reassentar mais de 2 milhões de refugiados, afirmou o porta-voz do presidente Recep Tayyip Erdogan, Ibrahim Kalin.

As forças do governo sírio se mudaram para algumas regiões de fronteira como parte de um acordo com combatentes curdos que estão sendo alvo da ofensiva da Turquia no norte da Síria. Isso complicou o plano da Turquia de criar uma zona segura ao sul da fronteira com a Síria, onde pretendia reinstalar refugiados sírios atualmente vivendo no país. O território já havia sido desocupado pelas tropas dos Estados Unidos.

Segundo Ibrahim Kalin, o presidente turco irá discutir a questão com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em um encontro na terça-feira. O porta-voz de Erdogan destacou que os refugiados "não querem voltar para áreas sob controle do regime". Fonte: Associated Press.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade