Publicidade

Estado de Minas

Autoridades mexicanas confirmam a libertação do filho de El "Chapo"


postado em 18/10/2019 11:37

O ministro da Defesa do México confirmou nesta sexta-feira que as autoridades libertaram o filho do chefão das drogas Joaquin "El Chapo" Guzman, após sua prisão ter desencadeado distúrbios nas ruas de Culiacan, reduto de seu cartel.

Luis Sandoval disse em uma entrevista coletiva que soldados prenderam Ovidio Guzman - um dos vários filhos que assumiram o controle do cartel de Sinaloa desde que seu pai foi extraditado para os Estados Unidos -, mas o libertaram após serem atacados por homens armados do cartel na quinta-feira, no que - admitiu o ministro - foi uma operação "mal planejada".

A captura de Ovidio, também conhecido como Ivan, pelas forças de segurança deu origem a uma verdadeira batalha com homens fortemente armados.

A unidade da Guarda Nacional localizou em um residência local quatro pessoas, incluindo Ovidio Guzmán López, e o prendeu.

Essa ação fez com que grupos fortemente armados iniciassem um tiroteio e realizassem ações violentas contra a população em vários pontos da cidade, gerando uma situação de pânico.

Imagens de trailers queimados e bandidos armados circulando em caminhonetes foram gravadas por um jornalista da AFP.

Em meio aos confrontos, o governo de Sinaloa pediu à população para não sair de casa e ficar atenta aos "avisos oficiais sobre a evolução dos acontecimentos".

O tiroteio se estendeu por horas em outros pontos da cidade.

O poderoso cartel de Sinaloa está dividido entre os filhos de "El Chapo", sentenciado à prisão perpétua nos Estados Unidos, e Ismael "El Mayo" Zambada; antigo sócio do chefão do narcotráfico.

Ovídio - junto com seu irmão Alfredo - teria assumido a liderança de uma parte do cartel de Sinaloa, desde a extradição de seu pai para os Estados Unidos, em janeiro de 2017.

Em agosto de 2016, os dois irmãos escaparam de um ataque quando estavam em um restaurante de Puerto Vallarta, Jalisco, que as autoridades atribuíram ao Cartel Jalisco Nova Geração, um grupo adversário.

"El Chapo' Guzmán, que foi o narcotraficante mais poderoso do planeta, escapou em 2001 da prisão de Puente Grande, na primeira de suas fugas espetaculares.

Foi recapturado em fevereiro de 2014, mas 17 meses depois protagonizou outra fuga, desta vez de uma prisão de segurança máxima.

'El Chapo' foi preso pela terceira vez em janeiro de 2016 e no ano seguinte, extraditado para os Estados Unidos.


Publicidade