Publicidade

Estado de Minas

Moreno ordena toque de recolher e militarização de Quito


postado em 12/10/2019 17:06

O presidente do Equador, Lenín Moreno, ordenou neste sábado (12) o "toque de recolher e a militarização" de Quito e arredores devido à violência nas manifestações iniciadas há 11 dias contra reformas econômicas pactuadas por seu governo e o FMI.

A medida "começará a vigorar" neste sábado a partir das 15H00 locais (17h00 de Brasília). "Isto facilitará a atuação da força política frente aos desmandos intoleráveis de violência", declarou o presidente no Twitter.


Publicidade