Publicidade

Estado de Minas

EUA cai para segundo lugar mundial em competitividade comercial, diz WEF


postado em 08/10/2019 19:55

Os Estados Unidos caíram para o segundo lugar, ficando atrás de Cingapura, no relatório de Competitividade Global do Fórum Econômico Mundial (WEF), uma queda vinculada, em parte, às guerras comerciais do presidente Donald Trump.

O WEF, organizador do Fórum Econômico Mundial de Davos, publica um relatório anual de competitividade desde 1979, no qual avalia as economias mais preparadas para aumentar sua produtividade.

Apesar do documento apontar que os Estados Unidos "continuam sendo um poder inovador" e a segunda economia mais competitiva do mundo, alguns sinais de problemas surgiram, disse o Fórum.

"É importante garantir que os países estejam abertos ao comércio", relatou Saadia Zahidi, diretora administrativa do Fórum, ao comentar o impacto das taxas impostas pelo governo Trump.

Zahidi destacou a falta de "dados concretos" sobre o impacto das tarifas dos Estados Unidos impostas a vários de seus principais parceiros comerciais, uma vez que a lista de produtos afetados ainda é reduzida em comparação ao comércio geral.

O WEF analisa competitividade de 140 economias usando 98 indicadores divididos em 12 grupos, que incluem as instituições, as infraestruturas, a estabilidade macroeconômica ou a capacidade de inovação.


Publicidade