Publicidade

Estado de Minas

Deputado preocupado com a falta de papel higiênico no caso do Brexit sem acordo


postado em 08/10/2019 13:25

A data da saída britânica da União Europeia está próxima e, embora o governo Boris Johnson diga que o país pode superar um Brexit sem acordo, um deputado pediu nesta terça-feira garantias para o fornecimento de papel higiênico.

A menos que Londres chegue a um acordo com a UE nos próximos dias, Johnson prometeu que o país deixará o bloco brutalmente até o final do mês. Segundo informes do governo, isso causaria escassez de alimentos frescos e remédios.

Mas o deputado nacionalista galês Jonathan Edwards está preocupado com outro produto importado: nesta terça, perguntou aos ministros quanto tempo as reservas de papel higiênico durariam no caso de Brexit sem acordo.

O governo "priorizará o fluxo de mercadorias" para "minimizar atritos adicionais", disse Simon Hart, membro do gabinete de Johnson.

"Este é o nível da farsa que alcançamos: o governo britânico não pode nem garantir que teremos os suprimentos necessários de papel higiênico em um Brexit brutal", reclamou Edwards em declarações à agência de notícias Press Association.

O executivo "está disposto a jogar a economia no vaso sanitário, mas agora não teremos o papel para nos limpar", acrescentou.

"Por mais que essa revelação se preste ao humor escatológico, mostra os graves danos que o Brexit causaria sem acordo, mesmo para os nossos suprimentos mais básicos", disse ele.


Publicidade