Publicidade

Estado de Minas INTERNACIONAL

Arábia Saudita: Aramco quer retomar um terço da produção até amanhã (16)


postado em 15/09/2019 14:47

A estatal de petróleo da Arábia Saudita espera restaurar até amanhã (16) cerca de um terço da produção interrompida devido a um ataque contra suas unidades no fim de semana, disseram autoridades sauditas. Havia a expectativa de que a retomada seria mais rápida.

Os ataques realizados no último sábado (14) interromperam a produção de 5,7 milhões de barris por dia, e as autoridades esperam retomar totalmente as atividades em poucos dias. Enquanto isso, o país terá que utilizar parte dos estoques e compensar o processamento com outras unidades não atingidas. Um dos principais alvos do ataque foi uma grande planta de processamento de petróleo em Abqaiq.

"Acredito que vamos ter a retomada na produção de 2 milhões de barris amanhã", disse uma pessoa familiarizada com o assunto.

A companhia nacional de petróleo saudita, conhecida como Aramco, indicou que suas instalações foram atingidas por mísseis, disseram pessoas familiarizadas com o assunto. Uma avaliação do governo dos EUA determinou que até 15 estruturas em Abqaiq sofreram danos.

O CEO da Aramco, Amin Nasser, disse hoje que está em andamento um trabalho para restaurar a produção. A empresa emitirá uma atualização de progresso na próxima terça (17). Levará semanas para retornar à capacidade total de produção nas instalações danificadas, de acordo com pessoas familiarizadas com as estimativas de danos na Arábia Saudita.

"É definitivamente pior do que esperávamos nas primeiras horas após o ataque, mas estamos nos certificando de que o mercado não sofra escassez até estarmos totalmente on-line", disse uma autoridade saudita. Fonte: Dow Jones Newswires.


Publicidade