Publicidade

Estado de Minas

Netanyahu diz a Macron que o momento é ruim para falar com o Irã


postado em 30/08/2019 17:47

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, desaconselhou o presidente francês, Emmanuel Macron, de "falar" neste momento com o Irã, que o Estado hebreu acusa de tentar fabricar mísseis no Líbano para atacá-lo.

"É um momento ruim para falar com o Irã", disse Netanyahu a Macron durante uma conversa por telefone, considerando que o Irã intensifica sua ação belicosa na região, segundo um comunicado oficial de Israel.

Macron pediu nesta semana um encontro entre os presidentes do Irã, Hasan Rohani, e dos Estados Unidos, Donald Trump. As tensões entre os dois países não pararam de aumentar desde a retirada unilateral de Washington, em maio de 2018, do acordo sobre o programa nuclear iraniano de 2015.

Israel acusou o Irã nesta quinta-feira de querer construir, através de seu aliado libanês Hezbollah, mísseis de precisão teleguiados que poderiam causar "perdas humanas enormes" em Israel.

Referindo-se ao Líbano, ele acrescentou na conversa com Macron que "aqueles que dão cobertura à agressão e ao armamento (iraniano) não escaparão".

O plano iraniano seria "transformar foguetes 'estúpidos' em mísseis de alta precisão", declarou nesta quinta-feira o porta-voz do Exército israelense, Jonathan Conricus.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade