Publicidade

Estado de Minas

EAU confirma ataques aéreos contra "milícias terroristas" no Iêmen


postado em 30/08/2019 06:13

O governo dos Emirados Árabes Unidos (EAU) confirmou que executou ataques aéreos em Aden, capital interina do Iêmen, ao anunciar que os alvos eram "milícias terroristas" e que agiu em "legítima defensa".

"As milícias terroristas multiplicaram os ataques contra as forças da coalizão e os civis, o que constitui uma ameaça direta às forças desta coalizão e provocou ataques aéreos dirigidos contra estas milícias", afirmou o ministério das Relações Exteriores em um comunicado.

Na quinta-feira, o governo iemenita acusou as forças dos EAU por ataques contra suas tropas em Aden para apoiar os separatistas, que anunciaram ter assumido o controle desta grande cidade do sul do país.

As tropas dos Emirados representam um dos pilares da coalizão militar liderada pela Arábia Saudita que atua na guerra do Iêmen desde 2015 para apoiar o governo contra os rebeldes huthis, que controlam várias regiões do país, incluindo a capital Sanaa.

Os huthis são considerados aliados do Irã, grande rival regional dos sauditas.

No início de agosto, uma nova frente de batalha teve início na guerra com os confrontos em Aden entre separatistas e forças governamentais, que antes lutavam juntos contra os huthis.

Os separatistas anunciaram na quinta-feira que recuperaram o controle de Aden, um dia depois de um anúncio similar por parte das forças leais ao governo. A cidade foi conquistada pela primeira vez pelos separatistas em 10 de agosto, após combates muito violentos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade