Publicidade

Estado de Minas

Ativista pró-democracia Joshua Wong é detido em Hong Kong


postado em 29/08/2019 23:31

O ativista pró-democracia Joshua Wong foi preso nesta sexta-feira em Hong Kong, no dia em que a polícia proibiu a realização de uma manifestação que estava prevista para o sábado, informou o partido do militante.

"Nosso secretário-geral @joshuawongcf foi preso esta manhã por volta das 7h30", postou no Twitter o partido Demosisto. "Ele foi empurrado à força para dentro de uma van particular na rua em plena luz do dia. Nossos advogados estão trabalhando no caso agora", acrescentou.

Hong Kong, região semiautônoma do sul da China e antiga colônia britânica, vive sua maior crise política em mais de vinte anos, com protestos quase diários.

As manifestações, que começaram contra o projeto de lei que autoriza extradições para a China continental, logo se tornaram um movimento pró-democracia.

Na véspera, a polícia de Hong Kong proibiu uma nova manifestação pró-democracia convocada para o sábado, alegando razões de segurança e eventuais atos de violência.

A manifestação foi convocada pela Frente Civil dos Direitos Humanos (FCDH), uma organização pacífica responsável pelas maiores concentrações dos últimos meses na ex-colônia britânica, sobretudo a de 18 de agosto, que reuniu 1,7 milhão de pessoas - segundo os organizadores - sem incidentes.

A manifestação de sábado marcaria o quinto aniversário da recusa da China a aceitar reformas políticas em Hong Kong, o que desencadeou o "movimento dos guarda-chuvas", com protestos que ocuparam as ruas da megalópole durante 79 dias, sem nenhuma concessão por parte de Pequim.


Publicidade