Publicidade

Estado de Minas

Irã condena duas pessoas a 10 anos de prisão por "espionagem"


postado em 27/08/2019 07:55

Um tribunal do Irã condenou duas pessoas, incluindo uma com dupla cidadania iraniana e britânica, a 10 anos de prisão por "espionagem" a favor de Israel, anunciou nesta terça-feira a Autoridade Judicial.

Anousheh Ashouri, uma mulher com dupla cidadania, foi considerada culpada de "transmitir informação" ao serviço de inteligência israelense, o Mossad, e condenada a 10 anos de prisão.

Ela também foi sentenciada a outros dois anos adicionais de prisão por ter recebido 33.000 euros em fundos ilícitos por parte de Israel.

O iraniano Ali Johari foi condenado a 10 anos de prisão por vários crimes de espionagem e por "conexões com o Mossad", com "elementos vinculados aos sionistas" afirmou o porta-voz da Autoridade Judicial, Gholamhosein Esmaili.

Johari também foi condenado a outros dois anos de prisão por receber fundos ilícitos.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade