Publicidade

Estado de Minas

Rússia revela natureza de contaminação radioativa após explosão em base


postado em 26/08/2019 10:25

As autoridades russas revelaram nesta segunda-feira a natureza da contaminação provocada por uma explosão na base de lançamento de mísseis de Nionoska, que provocou em 8 de agosto uma breve alta da radioatividade.

A agência de vigilância ambiental russa, Rosguidromet, encontrou nas amostras recolhidas na cidade de Severodvinsk - perto da base onde aconteceu o acidente - isótopos radioativos de estrôncio, bário e lantânio.

Segundo um especialista citado pela agência russa Ria Novosti, esses isótopos são o produto de uma fissão nuclear.

O acidente, causado segundo as autoridades por testes de "novos armamentos", matou cinco funcionários da agência nuclear russa Rosatom.

Após o acidente, o ministério da Defesa garantiu que "não há contaminação radioativa", mas o município de Severodvinsk alegou ter "registrado um aumento de curto prazo na radioatividade", antes de retirar esta publicação.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade