Publicidade

Estado de Minas

Regime sírio permitirá saída de civis da província de Idlib


postado em 22/08/2019 06:26

O regime sírio anunciou nesta quinta-feira a abertura de um corredor para permitir a saída de civis da província de Idlib, cenário de combates que opõem as forças do governo a jihadistas e rebeldes, informou a agência oficial Sana.

As forças pró-regime avançaram na província de Idlib (noroeste), controlada em sua maior parte pelos jihadistas do Hayat Tharir al-Sham (HTS, ex-braço sírio da Al-Qaeda) e que abriga grupos rebeldes

Quase 900 civis morreram desde o início da campanha militar do governo do presidente Bashar al-Assad contra esta região em abril e contra áreas nas vizinhas Aleppo, Hama e Latakia, igualmente sob controle do HTS.

Mais de 400.000 pessoas foram obrigadas a abandonar a região em consequência da violência, informou a ONU.

"A República Síria anuncia a abertura de um corredor humanitário na região de Suran, norte da província de Hama, para permitir a saída dos cidadãos que desejarem das regiões controladas pelos terroristas no norte de Hama e no sul de Idlib", anunciou o governo de Damasco, citado pela agência Sana.

Na quarta-feira, as forças do regime retomaram a cidade estratégica de Khan Sheikhun, sul de Idlib. Diante de seu avanço, jihadistas e rebeldes abandonaram a cidade e algumas áreas ao norte província de Hama.

O regime de Assad reconquistou a maior parte do território sírio com a ajuda da Rússia, do Irã e do grupo Hezbollah libanês.

Iniciada em 2011, a guerra na Síria provocou mais de 370.000 mortes e deixou milhões de deslocados.


Publicidade