Publicidade

Estado de Minas

Moradores são evacuados após erupção do vulcão peruano Ubinas


postado em 19/07/2019 21:07

As autoridades peruanas ordenaram, nesta sexta-feira, a evacuação de centenas de moradores que vivem perto do vulcão Ubinas, no sul do país, devido a uma chuva de cinzas e gases, após duas explosões eruptivas registradas na madrugada.

A evacuação foi ordenada depois de que o Instituto Geofísico do Peru (IGP) apontou que "o vulcão Ubinas continua em processo eruptivo", e recomendou a "elevação do nível de alerta vulcânico de amarelo para laranja".

O alerta laranja precede o alerta vermelho, nível de máximo perigo.

O Ubinas está situado na região de Moquegua, 1.250 km ao sul de Lima e a 5.672 metros de altitude sobre o nível do mar.

As emissões de cinzas e gases tóxicos estão relacionadas com o aumento da atividade sísmica do vulcão, indicou o informe do IGP.

Os ventos levaram as enormes nuvens formadas com as emanações para a fronteira com a Bolívia.

A coluna eruptiva atingiu uma altura de cerca de seis quilômetros acima da cratera do vulcão.

Mais de meia dúzia de comunidades vivem em seus arredores.

O vulcão Ubinas, o mais ativo do Peru, não registrava erupções desde 2017.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade