Publicidade

Estado de Minas

Guarda Revolucionária iraniana diz ter 'confiscado' petroleiro britânico


postado em 19/07/2019 16:07

A Guarda Revolucionária iraniana anunciou nesta sexta-feira (19) ter "confiscado" um petroleiro britânico, o "Stena Impero", no estreito de Ormuz.

A embarcação foi abordada pela força naval dos Guardiães da Revolução por "não respeitar o código marítimo internacional", "a pedido da autoridade portuária e marítima da província de Hormozgan", indica um comunicado do Sepahnews, portal na Internet da Guarda Revolucionária.

O "Stena Impero" foi conduzido "à costa depois de sua captura e entregue à autoridade para o procedimento legal e a investigação", acrescentaram os Guardiães, o exército ideológico da República Islâmica, neste breve comunicado.

O anúncio do confisco do "Stena Impero" ocorre horas depois de o Tribunal Supremo de Gibraltar decidir prorrogar a retenção do petroleiro iraniano "Grace 1" durante 30 dias.

A embarcação foi retida em 4 de julho pelas autoridades de Gibraltar, enclave britânico situado no extremo sul da Espanha, sob a suspeita de querer entregar petróleo à Síria em violação às sanções impostas pela União Europeia a Damasco.

Teerã negou esta acusação e denunciou um ato de pirataria contra o navio carregado com 2,1 milhões de barris de petróleo.

Na terça, o líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei disse que o Irã não deixaria "esta maldade sem resposta". "Vamos respondê-la no momento e no local adequados", acrescentou sem dar maiores esclarecimentos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade