Publicidade

Estado de Minas

Candidatos a premier britânico criticam comentários xenófobos de Trump


postado em 15/07/2019 19:27

Boris Johnson e Jeremy Hunt, candidatos ao cargo de primeiro-ministro britânico, criticaram nesta segunda-feira à noite os comentários de caráter xenófobo do presidente americano, Donald Trump, contra representantes democratas.

Durante um debate organizado pelo jornal The Sun, os dois aspirantes a Downing Street apoiaram a primeira-ministra Theresa May, que na manhã desta segunda considerou tais declarações "totalmente inaceitáveis".

Em uma série de tuítes neste fim de semana, Donald Trump se referiu a quatro representantes democratas de origens estrangeiras que foram embora dos Estados Unidos para voltar a seus países.

Apesar da grande agitação que causou entre os democratas e alguns representantes republicanos, o presidente americano voltou a arremeter na segunda contra estas parlamentares, que acusou de "amar os inimigos" dos Estados Unidos, e as convidou a irem embora do país se não eram "felizes".

"É totalmente inaceitável e concordo com a primeira-ministra", declarou Boris Johnson, grande favorito na disputa para Downing Street, cujo vencedor se conhecerá em 23 de julho no fim da votação de cerca de 160.000 membros do partido Conservador.

"Penso que as relações entre Reino Unido e Estados Unidos são sumamente importantes. Mas se é o líder de uma grande sociedade multirracial e multicultural, simplesmente não se pode utilizar este tipo de linguagem", acrescentou o ex-ministro das Relações Exteriores.

"Concordo com Theresa May", declarou Jeremy Hunt, atual chefe da diplomacia britânica. "Tenho três filhos, que são metade chineses, e são cidadãos britânicos [...] e se alguém lhes dissesse 'voltem para a China', me sentiria completamente consternado", insistiu.

Perguntados pelo caráter "racista" dos tuítes de Donald Trump, os aspirantes a suceder Theresa May preferiram evitar este adjetivo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade