Publicidade

Estado de Minas

Netanyahu promete manter todas as colônias de Israel na Cisjordânia


postado em 10/07/2019 19:07

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, prometeu nesta quarta-feira que nenhuma colônia judaica será desmantelada na Cisjordânia ocupada, em mensagem dirigida aos colonos visando as eleições de setembro.

A imprensa de Israel havia citado recentemente possíveis concessões por parte de Netanyahu em resposta aos gestos a favor de Israel do presidente americano, Donald Trump, que tem um plano para acabar com o conflito entre palestinos e israelenses.

"Não permitiremos o desmantelamento de qualquer colônia como parte de um plano de paz", disse Netanyahu na colônia de Revava, na Cisjordânia, território palestino ocupado por Israel há mais de 50 anos.

"Não faço distinção entre os blocos de colônias e colônias isoladas. São sítios israelenses do meu ponto de vista".

Os palestinos rejeitaram o plano de paz americano, já que a administração de Donald Trump se desacreditou, segundo eles, com medidas totalmente pró-Israel, como o reconhecimento de Jerusalém como capital israelense, no final de 2017.

A colonização por parte de Israel da Cisjordânia ocupada e de Jerusalém Oriental é ilegal, segundo o direito internacional.

Ao menos 600.000 colonos israelenses habitam, geralmente de forma conflitiva, com cerca de três milhões de palestinos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade