Publicidade

Estado de Minas

Presidente tunisiano hospitalizado em estado crítico


postado em 27/06/2019 13:13

O presidente da Tunísia, Béji Caïd Essebsi, de 92 anos, se encontra em estado crítico depois de ser hospitalizado devido a um grave mal-estar, anunciou um de seus assessores e a presidência.

"A situação do presidente é crítica", disse seu consultor Firas Guefrech no Twitter.

O chefe do governo, Yussef Chahed, que foi ao centro da Tunísia, não quis responder às perguntas da imprensa sobre o estado de saúde do presidente.

Essebsi já havia sido hospitalizado no final da semana passada.

Um dos conselheiros presidenciais disse que ele fez exames médicos de rotina, enquanto outro falava de um pequeno problema de saúde.

Este anúncio ocorre logo após dois atentados suicidas registrados na capital da Tunísia.

Um policial morreu e oito pessoas ficaram feridas nos atentados simultâneos contra as forças de segurança.

O primeiro ataque foi executado por um homem-bomba contra uma viatura da polícia na avenida Bourguiba, a principal de Túnis: três civis e dois agentes ficaram feridos.

Um dos policiais, no entanto, não resistiu aos ferimentos e faleceu no hospital.

Um segundo atentado, cometido nas proximidades de um quartel da Guarda Nacional, deixou quatro feridos.

A polícia isolou a área do primeiro ataque, na avenida Bourguiba, perto do ministério do Interior.

Várias lojas e prédios públicos fecharam as portas após o ataque.

O clima político é tenso na Tunísia nos últimos meses, às vésperas das eleições presidenciais e legislativas, marcadas para outubro e novembro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade