Publicidade

Estado de Minas

Missão da Otan no Iraque seguirá sob liderança canadense até 2020


postado em 26/06/2019 13:25

O Canadá continuará a liderar uma missão da Otan no Iraque até novembro de 2020, informou nesta quarta-feira o ministro da Defesa Harjit Sajjan.

A general de brigada Jennie Carignan, que em breve será promovida ao posto de major-general, vai assumir o comando de cerca de 580 tropas da Otan, entre as quais há 250 do Canadá e de outros parceiros que não são parte da Aliança, como Austrália, Suécia e Finlândia.

Carignan já serviu na Bósnia-Herzegovina, nas Colinas de Golã e no Afeganistão.

A missão não-combatente, de aconselhamento e formação, visa reforçar as capacidades militares e de segurança iraquianas em áreas como a saúde, manutenção de veículos blindados, neutralização de explosivos e planejamento civil e militar.

As atividades de consultoria da Otan são feitas em Bagdá, enquanto as de formação acontecem nas escolas militares iraquianas em Bagdá, Taji e Besmaya.

Este mês, o general canadense Dany Fortin disse que o objetivo é fazer com que o exército iraquiano seja autossustentável para tentar evitar o que aconteceu em 2014, quando o grupo Estado Islâmico tomou grandes áreas do Iraque e da Síria.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade