Publicidade

Estado de Minas

Americano corta a garganta em seu julgamento por assassinato


postado em 24/06/2019 19:43

Um réu cortou a própria acusado cortou a garganta durante seu próprio julgamento por assassinato em um julgamento de Nebraska, centro dos Estados Unidos, nesta segunda-feira.

Aubrey Trail, de 52 anos, foi levado a um hospital da região.

Trail é acusado de asfixiar e esquartejar uma jovem com a ajuda de seu namorado, Bailey Boswell, que será julgado este ano.

Durante a audiência, Trail levantou-se e gritou "Bailey é inocente e amaldiçoo a todos", antes de cravar um objeto desconhecido em seu pescoço, segundo relatos de jornalistas que presenciaram a autoagressão.

O acusado foi retirado da sala de julgamento inconsciente em uma maca. Até agora não se sabe de seu estado de saúde.

O corpo de Sydney Loofe, de 24 anos, foi encontrado em dezembro de 2017 esquartejado e embrulhado em sacos de lixo. Ela havia desaparecido 19 dias antes, depois de ter conhecido Boswell pela internet.

Trail disse aos policias encarregados do caso que havia asfixiado a jovem "acidentalmente".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade