Publicidade

Estado de Minas

Três mortos e dezenas de desaparecidos em desabamento de prédio no Camboja


postado em 22/06/2019 01:28

Ao menos três operários morreram e vários outros estão sob os escombros de um prédio que desabou no Camboja na manhã deste sábado, informaram as autoridades locais.

"Retiramos um corpo e localizamos outros dois", disse à AFP Yun Min, governador da província de Preah Sihanouk.

O ministro da Informação, Khieu Kanharith, escreveu no Facebook que sob os escombros podem estar até "30 pessoas".

O prédio de sete andares, propriedade de uma empresa chinesa e situado na localidade costeira de Sihanoukville, caiu quando havia dezenas de trabalhadores em seu interior.

Imagens publicadas na Web mostram máquinas escavadoras removendo os escombros em busca dos desaparecidos.

Os três corpos já localizados são de dois operários e um intérprete, todos cambojanos.

Sihanoukville era uma tranquila comunidade de pescadores até a chegada de mochileiros ocidentais, que foram seguidos por ricos turistas russos.

Nos últimos anos, a cidade conhecida por seus cassinos recebeu muitos investimentos chineses, o que deflagrou uma explosão imobiliária.

Atualmente, há 50 cassinos de cidadãos chineses e dezenas de complexos hoteleiros em construção.

Camboja, um dos países mais pobres do sudeste da Ásia, tem regulamentos pouco severos sobre a segurança na construção.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade