Publicidade

Estado de Minas

Ebola provoca segunda morte em Uganda


postado em 13/06/2019 06:31

O vírus do Ebola provocou a morte de uma segunda pessoa na região oeste de Uganda, a avó de um menino de cinco anos que faleceu na terça-feira vítima da mesma doença.

"Um segundo paciente com Ebola, que estava na unidade de quarentena, morreu ontem (quarta-feira) à noite", afirmou à AFP uma fonte do ministério da Saúde que pediu anonimato.

A segunda vítima, de 50 anos, é a avó do menino de cinco anos que faleceu na terça-feira, explicou a fonte.

As duas vítimas comparecem com outros integrantes da família ao funeral de uma pessoa que foi vítima do vírus Ebola na República Democrática do Congo (RDC). Toda a família retornou a Uganda, onde o ministério da Saúde colocou o grupo em quarentena depois de diagnosticar a contaminação de duas crianças, de 5 e 3 anos, e da avó.

Oito pessoas que tiveram contato com as vítimas foram isoladas e permanecem em observação.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) informou que Uganda imunizou 4.700 profissionais da saúde com uma vacina experimental.

Uganda está em alerta desde o início da epidemia em agosto de 2018 no leste da RDC, onde foram registrados mais de 2.000 casos de Ebola. Dois terços das vítimas morreram.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade