Publicidade

Estado de Minas

Dois militares mortos e dez feridos em ataque rebelde na Colômbia


postado em 09/06/2019 20:50

Dois militares morreram e dez ficaram feridos neste domingo durante um ataque com explosivos no nordeste da Colômbia, que foi atribuído pelo exército a rebeldes dissidentes da guerrilha das Farc.

O atentado ocorreu no município de Tame, no departamento de Arauca, limítrofe com a Venezuela, apontou o Exército em um comunicado.

Na ação, morreram os soldados Fredy Castillo López e Luis David Canencia.

Outros dez militares ficaram feridos, três deles com lesões graves, acrescentou o texto.

Segundo o exército, o ataque foi cometido por guerrilheiros que se separaram do acordo de paz assinado pelo agora partido de esquerda Farc em novembro de 2016.

Os dissidentes atacaram as tropas em reação às "contundentes operações militares" contra a frente que opera nessa região rica em petróleo, acrescentou a autoridade.

O pacto de paz, que pôs fim a um conflito armado de mais de meio século, levou ao desarmamento de cerca de 7.000 combatentes.

No entanto, centenas de rebeldes ficaram à margem dos compromissos e seguiram na clandestinidade, financiados pelo narcotráfico e outras rendas ilegais.


Publicidade