Publicidade

Estado de Minas

Empresários britânicos fazem alerta ao próximo primeiro-ministro sobre o Brexit


postado em 31/05/2019 06:49

A principal organização empresarial britânica, CBI, fez um apelo aos candidatos à sucessão da primeira-ministra Theresa May para que descartem a possibilidade de um Brexit sem acordo, com a advertência de que este cenário terá "graves" consequências para a economia.

A Confederação da Indústria Britânica (CBI) afirmou que os conservadores só poderão continuar sendo considerados o partido das empresas se o próximo chefe de Governo concretizar o Brexit acompanhado de um acordo com União Europeia para suavizar as consequências.

Em uma iniciativa incomum por parte da CBI, sua diretora geral Carolyn Fairbairn escreveu uma carta aberta aos candidatos.

No momento, 12 políticos anunciaram a intenção de suceder May, que deixará o cargo em 7 de junho, e vários já se declararam dispostos a retirar o país da UE na data limite de 31 de outubro, com ou sem acordo, incluindo o grande favorito Boris Johnson.

"Está claro que para as grandes e pequenas empresas sair da UE com um acordo é o melhor caminho. Em caso de saída sem acordo, a perturbações a longo prazo para a competitividade britânica serão graves", escreveu Fairbairn.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade